Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
paulodavilucasarag

Coach Pra Vestibular

Coach De Sucesso: Dica Valiosa Para Ser Um :)


SÃO PAULO - Ter um coach para evoluir pela carreira agora não razão espanto a ninguém no universo empresarial. Mas neste momento até já adolescentes vestibulandos estão pesquisando assistência deste tipo de profissional para serem conduzidos ao sucesso nas provas. Pratique Corrida E Caminhada Pra Favorecer Teu Cérebro , passar por um procedimento de coaching pra vestibulares significa ter um apoio personalizado para organizar os estudos e se manter motivado. Professor de cursinho com trinta anos de experiência, Claudio Recco rua diariamente os problemas comuns dos adolescentes nessa fase da existência: insegurança, pressão familiar, estresse, incerteza quanto ao curso e brancos pela hora da prova, entre algumas dúvidas. “Percebia que diversas vezes a gestão da emoção era mais importante que ensinar conteúdos.


Assim sendo, fui buscar uma criação diferente para me tornar um coach”, conta Recco. De acordo com o professor e coach, o principal motivo que leva os estudantes a entrarem num procedimento de coaching é procurar uma melhor organização dos estudos. A vantagem do coaching sobre isto outros planejamentos imediatamente estruturados, como o dos cursinhos, é a visão individual, personalizada, que o estudante recebe. “As pessoas são diferentes nas habilidades, nos desafios, nos sonhos. O que dá certo pra um pode não funcionar pra outro”, afirma Recco.



  • Curta nossa página no FACEBOOK

  • 4 pontos para se comprar sucesso

  • Faça o curso com calma

  • Faça Carreira Como Personal Stylist coaching

  • Fez diferença para aquela

  • Para Frente (1)

  • Outubro três



Um prazeroso coach deve alavancar o autoconhecimento, pro jovem que saiba reconhecer seus pontos fortes e fracos e, com isso, ter um rendimento melhor nos estudos. “Os alunos normalmente contam as horas de estudo, todavia é preciso ter peculiaridade. Alguns, tendo como exemplo, querem permanecer sem dormir”, cita o professor. Conjuntura Política Brasileira . Até já os cursinhos pré-vestibulares passaram a dar este tipo de serviço aos estudantes. “O coach é mais do que um coordenador pedagógico, pelo motivo de vai socorrer pela contrariedade individualmente. Às vezes um aluno está indo mal em Matemática devido a da análise de texto. Logo, o encaminho pra um professor de Português”, explica Fernando Nisoli, professor de Matemática, pedagogo e coach pra vestibulando do cursinho Hexag.


Para além do lado acadêmico, o coach tem o papel de acrescentar a motivação do estudante pros estudos. “O aluno sente muita pressão. Para entrar em Medicina na USP (Faculdade de São Paulo), como por exemplo, podes errar no máximo 10 dúvidas. Ele chega no início do ano com desejo, contudo algumas vezes vai mal em um simulado e acaba se desmotivando. Coaching E Reflexão De Carreira: Os 5 Pilares Para Desenvolvimento Do CIO - DXC Technology questões emocionais, motivacionais e técnicas”, relata Nisoli.


Maria Clara de Souza Santos, de dezenove anos, que tenta precisamente dominar uma vaga em Medicina, aprovou a experiência do coaching com Nisoli. “Consegui desenvolver uma rotina de estudos para a semana mais produtiva. Assim como me ajudou muito com as crises de preocupação que eu tinha. Ele me ilustrou que preciso de um tempo para mim, que preciso parar um tanto de vez em quanto”, diz a estudante.


Porém há limites para a atuação do profissional. O coach não poderá assumir o papel de um psicólogo. “Tem alguns jovens com barreiras fortes em alguma matéria porque um trauma pela infância. No momento em que percebo uma pergunta mais séria, eu encaminho pra psicóloga por aqui da escola”, explica Nisoli. Um - Exercite-se: No último ano do ensino médio do Colégio Móbile, Fernanda Nishikawa praticava corrida três vezes por semana.


“Ficar o dia inteiro só estudando me deixava esgotada”, conta. O exercício libera serotonina e endorfina, hormônios que trazem bem-estar. Deu correto pra ela: Fernanda passou pela USP, na Unicamp, pela Unesp e no Einstein. Dois - Respire com calma: Contra o nervosismo na prova, exercícios de respiração são capazes de ser úteis. “Quando percebia que estava inquieta, perdendo a concentração, fazia um exercício essencial: prender o ar em 4 tempos e soltar em quatro”, relata Isabella Marucci, ex-aluna do Arquidiocesano, que cursa Administração Pública na Unesp. 3 - Faça simulados: E também saber o assunto, é essencial treinar o formato da prova, acostumar-se com a longa duração, dividir o tempo entre questões.



A experiência dos simulados ajuda a ter sensatez pela prova. Quatro - Durma: Dormir insuficiente prejudica a consolidação das lembranças, provoca impressão de cansaço constante e pode ampliar o estresse. Assim sendo, nada de trocar o sono pelo estudo, sobretudo na véspera do diagnóstico. Cinco - Alimente-se bem: Para muitos, a comida dá certo como um escape à tensão. No entanto o excedente de alimentos gordurosos, açúcar e cafeína poderá interferir pela geração hormonal e promover ainda mais estresse. 6 - Participe de batalhas: Esportes ensinam a passar terror e insegurança frente a oponentes. 7 - Medite: Pesquisas científicas salientam que a meditação melhora a saúde física e mental. A técnica mais recomendada é chamada mindfulness, ou atenção plena.


Bastam 15 minutos por dia. No momento em que a organização pela qual Michelle Duarte trabalhava decidiu em 2011 internalizar alguns serviços de Recursos Humanos (RH) que antes eram feitos por terceiros, ela viu uma oportunidade de desenvolver-se pela carreira. A princípio, Michelle procurou um bacharelado em Psicologia, mas por recomendação do chefe trocou por uma graduação tecnológica.


Don't be the product, buy the product!

Schweinderl